Igreja em Montes Claros nega bancar defesa de esfaqueador