Implacável, Barroso dá nova descompostura em Gilmar (Veja o Vídeo)

O ministro Luís Roberto Barroso parece ser o único com coragem, qualificação e conhecimentos jurídicos capaz de enfrentar o delirante Gilmar Ferreira Mendes.

 

Em poucos dias, mais uma vez, Barroso submete Gilmar a uma constrangedora e humilhante descompostura. Gilmar condenava às investigações desenvolvidas contra Michel Temer, o ministro Barroso reagiu com firmeza:
“Eu ouvi o áudio: ‘Temos que manter isso aí, viu?’, vi as malas de dinheiro, vi a corridinha na televisão… Vivemos uma tragédia brasileira… Não acho que há investigação irresponsável. Há um país que se perdeu pelo caminho, naturalizou coisas erradas e temos o dever de enfrentar isso e de fazer um novo país e ensinar as novas gerações que a honestidade vale a pena”.
Veja o vídeo:

 

No embate anterior entre os dois ministros, Luís Roberto Barroso se opôs a última peripécia de Gilmar Mendes, que pretende rever a decisão do STF que, por 6 votos a 5, determinou a prisão de réus condenados em segunda instância, contando com o voto de Gilmar, que agora pretende rever esse voto.

Barroso questionou o novo posicionamento de Mendes, de maneira ponderada, mas enfático: ‘A jurisprudência não pode ir mudando de acordo com o réu’.

E prosseguiu com firmeza: ‘O Judiciário não pode servir como um instrumento para perseguir inimigos e proteger amigos’.

E fechou com chave de ouro: ‘Voltar ao modelo anterior é retomar um sistema que pune os pobres e protege os criminosos que participam de negociatas com o dinheiro público’.

Gilmar cada vez mais se desmoraliza, por si só.

 

 

Via: JORNAL DA CIDADE ONLINE