Jair Bolsonaro desarticula narrativa da grande mídia

Nas redes sociais na manhã desta quarta-feira, o candidato Jair Bolsonaro, que se recupera no hospital Albert Einstein após ter sido esfaqueado por um militante de esquerda, desarticulou mais uma narrativa da grande mídia contra ele. 

Uma das armas utilizadas por estes veículos que tentam derruba-lo nas pesquisas a todo custo, é associá-lo com a ditadura, já que o candidato do PSL é um ex-militar. 

“Enquanto insistem em falácias, rótulos e na fixação pela palavra “ditadura”, são mais de 14 milhões de desempregados, cidadãos reféns em suas próprias casas, 60 mil homicídios e 50 mil mulheres estupradas por ano. É disso que o povo quer saber! É urgente! É daqui pra frente!”, disse no twitter. 

Ainda no Twitter, Bolsonaro também ressaltou que quer “resgatar os valores perdidos há muito e retirar o Brasil da lama de violência e corrupção que o colocaram”. “Nosso país não aguenta mais 4 anos do que nos governa há décadas! Vamos dar o primeiro passo para resgatar nossa pátria!”, afirmou na rede social.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

O capitão é o líder nas pesquisas de intenções de voto e corre sério risco de faturar o pleito ainda no primeiro turno.

Confira:

Via: PAPOTV

Compartilhe em Suas Redes Sociais