Jair Bolsonaro se defende de acusação de jornal comunista

O presidenciável líder nas pesquisas com mais de 60% das intenções de votos válidos, Jair Bolsonaro, se defendeu da acusação do jornal comunista Folha de S. Paulo. 

O veículo divulgou uma matéria hoje com a acusação de que “empresas estão comprando pacotes de disparos em massa de mensagens contra o PT no WhatsApp”.

Eis a resposta do capitão:

“Eu não tenho controle se tem empresário simpático a mim fazendo isso. Eu sei que fere a legislação. Mas eu não tenho controle, não tenho como saber e tomar providência. Pode ser gente até ligada à esquerda que diz que está comigo para tentar complicar a minha vida me denunciando por abuso de poder econômico,”disse, segundo o site O Antagonista.

Via: PAPOTV

Compartilhe em Suas Redes Sociais