Jair Bolsonaro vai acabar com a farra dos “Direitos Humanos”

O candidato líder nas pesquisas, Jair Bolsonaro, disse que se eleito, deixará de repassar dinheiro da União para movimentos e organizações de direitos humanos, registra O Antagonista citando o G1.

O ex-capitão do Exército participou de um ato de campanha em Araçatuba, no interior de São Paulo. Segundo o candidato, essas organizações prestam um “desserviço ao nosso Brasil”.

“Conosco não haverá essa politicagem de direitos humanos, essa bandidagem vai morrer porque não enviaremos recursos da União para eles. Em vez de paz, essas ONGs prestam um desserviço ao nosso Brasil. Precisamos de alguém sentado na cadeira presidencial que respeite a tradicional família brasileira, que tenha Deus acima de tudo, como lema nosso”, discursou o presidenciável do PSL em cima de um carro de som.

Segundo o presidenciável, essa será uma de suas estratégias para reduzir a criminalidade no país.

Via: PAPOTV

Compartilhe em Suas Redes Sociais