Janaína Paschoal transforma em pó requisição do PT para tentar anular o impeachment

O ex-presidente Temer comentou em entrevista à Band que parlamentares do PT tentaram chantagear Eduardo Cunha para ele não dar sequência no impeachment. Em troca da rejeição do pedido de impeachment, eles dariam 3 votos para Eduardo Cunha no Conselho de Ética.

As declarações de Temer deveriam servir para ampliar a investigação sobre Dilma e sobre esses três parlamentares, mas, acredite se quiser, o PT quer usar a chantagem fracassada (e não aceita) feita por petistas contra Cunha para tentar reverter o impeachment.

Janaína Paschoal comenta, sobre mais este escárnio do PT contra a Justiça: “A audácia do PT não tem fim! Para fugir do dever de explicar os milhões desviados, cria o factoide de ressuscitar a tese da vingança! Se um funcionário demitido, por vingança, procura a esposa do antigo chefe e relata que ele tem amantes, o adultério não será adultério? Dirá a esposa traída: Oh amor, que coisa feia, ele entregou suas amantes por vingança! Que imoralidade! (?).”

A situação é patética neste nível mesmo. É o tipo de ação que os petistas fazem mais para gerar notícia do que resultados reais. O dinheiro deve estar sobrando para praticar judicialização.

Via jornalivre.com