Jean Wyllys compara Brasil a Venezuela e mostra toda sua monstruosidade moral. Veja o chilique:

Que Jean Wyllys é uma figura contraditória, todos sabemos. Diz defender os gays enquanto veste-se como um assassino homofóbico; fala em democracia enquanto defende ditaduras; fala em liberdade enquanto aplaude a opressão. Mas o deputado carioca conseguiu passar de todos os limites e quebrar as barreiras da hipocrisia ao dar um showzinho humilhante durante evento do Mercosul, na última segunda-feira (29).

Em evento realizado no Uruguai, o ex-BBB teve o desplante de igualar a situação política do Brasil à da Venezuela, notória ditadura socialista defendida pelo PSOL. Ignorando as centenas de cadáveres vítimas de suas ideias, Jean comete a monstruosidade de converter o sofrimento venezuelano em mero termo de comparação para uma democracia que, a despeito de seus problemas, sobrevive e respeita direitos humanos.

O showzinho do eterno Big Brother não deu certo: o deputado Rubens Bueno (PPS) levantou a voz e refutou a pataquada de Jean, que perdeu a linha e passou o restante da conferência fora de si. De acordo com depoimentos de deputados a este Jornalivre, o psolista foi visto depois tomando remédio para se acalmar. Que dureza!

Confira o chilique:


Fonte jornal livre