Juiz Federal é encontrado morto em seu apartamento

Um juiz federal foi encontrado morto, dentro do seu apartamento, na noite de quinta-feira, na cidade de Bacabal, que fica a cerca de 240 quilômetros de São Luís, capital do Maranhão.
De acordo com a Secretaria de Segurança, uma avaliação preliminar indicou um infarto como possível causa de morte. Não foram encontrados indícios de crimes no local.
Ricardo Nohra Simões, de 54 anos, era natural do Rio de Janeiro e foi transferido para Macabal em janeiro, após ser aprovado em um concurso de juiz federal substituto do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1). Ele era casado e tinha uma filha. Seu corpo foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) da cidade de Timon, e depois será enviado para o Rio.

Após a morte de Ricardo, a Seção Judiciária do Maranhão divulgou uma nota de pesar. Confira abaixo.

Nota de falecimento

Com profundo pesar, a Seção Judiciária do Maranhão comunica o falecimento do Juiz Federal Ricardo Nohra Simões, quinta-feira, 12 de outubro, na cidade de Bacabal/MA.

Ricardo Nohra Simões era Juiz Federal Substituto, da vara única da Subseção Judiciária de Bacabal. Tinha 54 anos, era natural do Rio de Janeiro e tomou posse como Juiz Federal em janeiro deste ano. Deixa esposa e uma filha.

O corpo foi removido para o Instituo Médico Legal em Timon para investigar a causa da morte e, posteriormente, será trasladado para o Rio de Janeiro.

 

Com informações de O Globo e Tribuna Hoje e papotv

     

Gostou? Compartilhe!

  • 2.4K
    Shares