Laudo da Polícia Federal destrói tese de defesa de Lula

A Policia Federal realizou perícia nos sistemas de comunicação e de contabilidade do setor de propinas, da Odebrecht

 

No laudo apresentado na sexta-feira, 23, para a Justiça Federal, a PF confirma a autenticidade das provas entregues da mega delação da empreiteira, no processo em que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva é acusado de receber R$ 12,2 milhões na compra de um terreno que serviria de sede para o Instituto Lula, em São Paulo.

O documento destrói a tese da defesa do petista, que buscava invalidar o material entregue pelos delatores no acordo de colaboração fechado com o Ministério Público Federal sob o argumento de que ele havia sido violado.

A perícia foi feita nos arquivos fornecidos pela Odebrecht à Lava Jato do Drousys e o MyWebDay.

 

O ex-presidente aparece nas planilhas do setor de propinas como “Amigo”, referência à sua amizade com o patriarca do grupo, Emílio Odebrecht.

 

Com Estadão. e PAPOTV

     

Gostou? Compartilhe!

  • 4.3K
    Shares
 

       

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.