Lula acredita que todas chances de vencer em diretas já. “O povo brasileiro descobriu, de novo, que me ama”

Disputando uma corrida contra o tempo para não ir para a cadeia, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, acredita tem encontrado uma oportunidade não só para se safar dos cárceres de Curitiba como para voltar a Presidência.

 

Basta que a crise aberta pelas delações da JBS Friboi, que tumultuaram o quadro político brasileiro provoquem a queda ou renúncia do presidente Michel Temer e eleições diretas imediatas.

 

 

Se Temer renunciar, ou for impedido, o rito constitucional manda que sejam convocadas eleições indiretas em 30 dias. Os petistas sabem que não tem chance numa eleição indireta, pois o PT perdeu sua base no Congresso.

 

Tentam torcer as regras do jogo para fazer uma eleição direta já. Não daria tempo de o juiz Sérgio Moro condenar Lula por seus crimes e a sentença ser confirmada em 2º instância pelo TRF4 de Porto Alegre.

Em uma eleição direta, em clima de mar de lama, Lula acredita que tem chance. “Não tem para ninguém. O povo descobriu, de novo, que me ama”, bravateia.
Via cesarweis.com