Lula o Condenado da justiça que queria disputar eleição para presidente do Brasil vira manchete no mundo

O ex-presidente Lula voltou a ocupar as manchetes dos principais jornais do mundo esta semana, após a decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) de impugnar a candidatura do presidiário à Presidência nas eleições de outubro no Brasil.

O jornal “La Nacion”, da vizinha Argentina, chamou a candidatura de Lula de “polêmica” e comentou que a decisão do TSE “encerra as especulações” sobre o petista.

“Já passava da meia-noite, em uma sessão extraordinária em Brasília que se estendeu por mais de 10 horas, a maioria do TSE, por seis votos contra um, decidiu impugnar a polêmica candidatura do líder máximo do PT ao considerar que ia contra a legislação que proíbe que uma pessoa condenada em segunda instância concorra a um cargo eletivo”, escreveu o jornal.

Na Itália, o “La Repubblica” destacou que, “durante a longa sessão do TSE, os magistrados se convenceram de que não há dúvidas quanto ao fato de Lula ficar inelegível com base na ‘lei da ficha limpa’”

O francês “Le Monde”, por sua vez, noticiou a decisão do TSE e relembrou o processo no qual Lula foi condenado a 12 anos de prisão pelo caso de um tríplex no Guarujá. O petista cumpre pena em Curitiba desde abril.

Há alguns anos, Lula vem ocupando as manchetes internacionais com com notícias cada vez mais vergonhosas. Denunciado, indiciado, condenado, preso e agora, inelegível. Estas foram as últimas etapas do declínio daquele que já figurou entre os chefes de Estado mais influentes do mundo. Hoje, Lula é apenas um presidiário.

Com informações da ISTOÉ e Publicabrasil.com

     

Gostou? Compartilhe!

  • 3.2K
    Shares