Maduro ameaça Colômbia e Estados Unidos “não sairão vivos daqui”

O clima de tensão entre Venezuela e Colômbia está cada vez mais intenso e cheio de provocações.

De um lado temos Iván Duque, presidente conservador da Colômbia, que conta com um bom relacionamento com A América de Donald Trump e o Brasil, que a partir de 1º de janeiro contará com a liderança de Bolsonaro. Do outro lado temos Nicolás Maduro, o ditador venezuelano, que já teve no Brasil das gestões petistas um forte aliado.

Maduro constantemente prega com o discurso inflamado, afirmando estar preparado para a guerra caso seja atacado por alguma nação envolvida com o “imperialismo” norte-americano, e hoje fez um pronunciamento direcionado para o presidente colombiano.

Seja sempre o primeiro a saber, Baixe o nosso aplicativo gratuito, informações diárias do Presidente Jair Bolsonaro e Notícias da Operação Lava Jato!

“Ele dirige pessoalmente a preparação de ações contra a Venezuela. Age com o apoio e o financiamento da Casa Branca (…). “Nós não nos metemos com ninguém, Iván Duque, mas você será o responsável se algum dia a Colômbia agredir militarmente a Venezuela. Que o nosso povo e o povo colombiano saibam disso. Os imperialistas não sairão vivos daqui”.

Bolsonaro, assim que assumir, deverá estar preparado para agir, seja tomando partido do lado colombiano ou seja amenizando a situação.

Informação dO Antagonista.

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA COM OS SEUS AMIGOS