Mais uma testemunha do caso Adélio é encontrada sem vida

Um homem de de 47 anos, foi encontrado morto ontem à noite na mesma pensão em que Adélio Bispo de Oliveira se hospedou em Juiz de Fora (MG), antes de tentar matar Jair Bolsonaro.

O corpo de Rogério Inácio Villas foi encontrado em estado de rigidez e sem sinais de violência. 

Segundo depoimentos, ele estava na pensão havia três meses e seria usuário de drogas. 

É a segunda testemunha do caso que vem a óbito. No mês passado, a proprietária da pensão também morreu. Ela sofria de câncer.

 

Fonte: PAPOTV

Compartilhe em Suas Redes Sociais