Mala com “simulação de bomba” é deixada na Câmara dos Deputados e reação é surpreendente

Uma mala de plástico com uma “simulação de bomba” dentro foi deixada nesta quarta-feira (20) no fundo do plenário da comissão especial da Câmara dos Deputados que discute flexibilizar o uso de agrotóxicos, de acordo com informações da assessoria da Casa.

A reação dos que estavam presentes, no entanto, foi surpreendente, pois em um primeiro momento, causou risos e piadas.
O Radar da Veja conta que no instante que a mala começou a apitar, não houve tensão. O procedimento, então, foi feito por um dos assessores, que retirou a mala e entregou a um policial legislativo. Acharam, inclusive, que a maleta era dele.

O policial abriu a mala e encontrou “um simulacro de bomba”, conforme foi informado à presidente da comissão, deputada Tereza Cristina (DEM-RS).

Ao passar o fato, os que presenciaram a cena perceberam a falha e reclamaram de não ter havido nenhum procedimento de segurança ou coisa que o valha, como isolamento da área.

Ou seja, se houvesse realmente uma bomba verdadeira na mala, o desfecho da história poderia ser uma tragédia.

Segundo o G1, a Câmara emitiu uma sobre o episódio:

Uma pasta suspeita foi encontrada por visitantes, nesta manhã, no plenário 6 do Anexo II, durante a reunião da Comissão Especial que analisa mudanças na legislação sobre defensivos agrícolas. O objeto foi entregue aberto para a Polícia Legislativa da Casa. No interior da pasta encontrava-se uma simulação grotesca de artefato explosivo. Foi aberta uma ocorrência policial para verificação de quem deixou a mala no local. O simulacro de artefato explosivo já está com o Esquadrão Antibomba da Polícia Militar do DF.

Via: PAPOTV

   

Gostou? Compartilhe!