Manifestantes vão para frente de Quartel do Exército pedir Intervenção Militar

Motoristas de transporte urbano, mototaxistas e alguns caminhoneiros fecham parcialmente as faixas da Avenida Fernandes Lima, em Maceió (AL), diante do 59º Batalhão de Infantaria Motorizado (59º Bimtz) do Exército Brasileiro, reivindicando intervenção militar, por causa da instabilidade no país, segundo os manifestantes.

O protesto que iniciou na noite do domingo (27), prossegue nesta segunda-feira (28), gerando transtornos nos dois sentidos do trânsito na principal via de acesso à capital alagoana.
iante do quartel militar que é área de segurança nacional, o protesto estendeu faixas, ergueu uma bandeira verde e amarela em um guindaste e executou o Hino Nacional repetidas vezes.

Com Diário do Poder. e PAPOTV

     

Gostou? Compartilhe!

  • 6K
    Shares
 

     

Siga-nos no Twitter!