Manobra brilhante de Sérgio Moro foi determinante para condenação de Lula

A condenação de Lula só foi possível graças a mais uma manobra brilhante do juiz Sérgio Moro e da força-tarefa da Lava Jato de Curitiba. Foi por causa da condução coercitiva que conseguiu-se provar que o triplex era mesmo do ex-presidente petista Lula. A observação é do jornalista Ricardo Noblat, de O Globo.
Condução coercitiva é um ato que permite à autoridade que o executa vasculhar de surpresa a residência e o local de trabalho do intimado. Também, por forçá-lo a depor de surpresa, o que o impede de ter tempo de ensaiar suas respostas com advogados.

“O resultado da condução coercitiva de Lula, no ano passado, autorizada pelo juiz Sérgio Moro, foi decisivo para sustentar a condenação dele a quase 10 anos de prisão na semana passada.

Na ocasião, a Polícia Federal recolheu no apartamento de Lula, em São Bernardo do Campo, e no Instituto Lula, no centro de São Paulo, a maioria das provas documentais citadas na sentença.

Do interrogatório de Lula feito naquele dia, Moro pinçou várias contradições também mencionadas na sentença.”
Graças a astúcia de Sérgio Moro e da Lava Jato, o criminoso Lula levou um baile da justiça.

Via papotv.com.br

     

Gostou? Compartilhe!