Marcelo Bretas destrói o argumento de que a Lava Jato prende demais

O juiz federal da Lava Jato do Rio de Janeiro, Marcelo Bretas, destruiu o argumento de que a Lava Jato prende demais.

Veja o que ele disse, segundo O Globo:

“Os direitos humanos não podem ser obstáculo para a investigação. Não posso vislumbrar apenas o direito humano do investigado. E os outros membros da sociedade, não têm direitos humanos? São obrigados a compartilhar no dia a dia, numa mesa de restaurante, com uma pessoa reiteradamente criminosa? Eu tenho que conviver com essa pessoa? Eu não tenho direitos humanos, ele que tem direitos humanos de recorrer 200 vezes antes de uma decisão que valha?”

Via: PAPOTV

     

Gostou? Compartilhe!

  • 6.4K
    Shares