Marcelo Bretas diz que foi ameaçado de morte

O juiz federal Marcelo Bretas falou, em entrevista a Pedro Bial, sobre as mudanças que Operação Lava Jato o obrigou a fazer na rotina desde que assumiu o julgamento dos casos de corrupção.

Bretas assumiu que já foi ameaçado de morte e que não anda sem escolta.

“Não ando sem escolta. Estou aqui com um dos meus melhores amigos, que é policial”, destacou o magistrado.

Sobre a foto que ele mesmo publicou em rede social, na qual segurava um fuzil, o juiz explicou:

“Eu recebi orientação oficial para fazer esse treinamento. Os juízes têm porte de armas, porte federal. Eu não estava em um local de trabalho, estava com os meus instrutores”, explicou o magistrado.

Marcelo Bretas é mais um herói que trocou a própria liberdade, para ver seu povo livre.

 

Via: papotv.com.br