Marcelo Odebrecht ‘comprou’ revista petista, mas pediu para não aparecer no negócio (veja o vídeo)

O vídeo é infame e demonstra claramente porque certo ditos ‘veículos de comunicação’ defendem com tanta voracidade o governo mais corrupto da história
É o caso da revista ‘Carta Capital’, antiga aliada de Lula e do PT.
Marcelo Odebrecht diz com clareza que pagou R$ 3 milhões de reais para a referida publicação, porque realizava uma ‘linha interessante para o governo.
O pedido para que a negociata fosse realizada, segundo o empresário, teria sido feito pelo ministro Guido Mantega.
Marcelo complementa dizendo que atendeu o pedido, mas que ‘não iria aparecer’.
A revista em sua defesa confirma o recebimento do dinheiro sujo, mas diz que se tratava de ‘um adiantamento de verba publicitária’, segundo ela ‘prática corriqueira da construtora’.
O cúmulo: R$ 3 milhões de adiantamento???
A verdade: ‘prática corriqueira da construtora’ para ‘comprar’ a imprensa marrom.
Uma lástima!

veja o vídeo.

Créditos jornaldacidadeonline.com.br