Marco Aurélio solta mais um do PT

Em decisão do dia 17 de abril, de número 139480, o ministro Marco Aurélio Mello concedeu habeas corpus ao ex-diretor da Petrobras Renato Duque. Perguntado sobre sua decisão, Mello respondeu: “Não vejo o processo pela capa”.

A decisão de Mello diz respeito a uma ação penal derivada da Operação Sangue Negro. Ela foi deflagrada em 2015, e diz respeito a esquemas de corrupção na Petrobras iniciados em 1997.

As investigações da Sangue Negro começaram antes da Lava-Jato, e revelaram crimes de sonegação fiscal, lavagem de dinheiro e evasão de divisas.

Como Duque também foi condenado pela Lava-Jato ele continuará preso.
Via juntospelobrasil.com