Meirelles criou banco da JBS com “ajuda” do BNDES. Entendeu?

Como todo dinheiro movimentado pela JBS aqui no Brasil e no exterior passou entre contas sem que ninguém percebesse?

Doleiros podem ter tido participação nas transações porém DOLEIROS NÃO FAZEM TED e nem DOC,

Como que fortunas em dinheiro saíram do Brasil e foram transferidas ao exterior?

O ministro da Fazenda do Governo Michel Temer, o senhor Henrique Meirelles, é o criador do banco que é de propriedade da JBS.

Veja essa matéria da Folha:

“O ex-presidente do Banco Central Henrique Meirelles resolveu empenhar seu prestígio na reinvenção de um minúsculo banco de São Paulo –cujo número de clientes pretende elevar de 5.500 para 2 milhões em dez anos.

Nesta segunda (28), Meirelles relançou o banco Original, controlado pelos mesmos donos da gigante de alimentos JBS. Cuidando pessoalmente do anúncio, ele apresenta a instituição como a primeira totalmente digital do país.

Sobre a agitação na política, tema que acompanha de perto, não quer falar agora. “Não perco tempo com hipóteses. Neste momento meu trabalho está focado nesse novo banco”, diz o executivo, hoje presidente do Conselho da J&F, holding do grupo que produz as marcas Friboi, Seara, Vigor e Havaianas”. (Folha de São Paulo – 29/03/2016)

Todo esquema de transferência de dinheiro, pagamentos, depósitos, TEDs e DOCs que levaram fortunas do Brasil para contas no exterior estava sendo operado sem que ninguém percebesse?

A ligação entre Meirelles, Banco Central, Ministério da Fazendo, bancos privados e o próprio Governo Federal e a JBS pode ter resultado no maior crime financeiro da história do Brasil.
Via juntospelobrasil.com