“Mexeu com um, mexeu com todos”: Lula, Dilma, Temer e Aécio juntos contra a Lava Jato

Os profissionais que atuam na defesa de Lula, Dilma Rousseff, Michel Temer e Aécio Neves articulam o lançamento de um manifesto para questionar a atuação da Justiça e do Ministério Público, segundo informações do Painel (Folha de São Paulo).

“Os debates se desenrolam em um grupo de WhatsApp intitulado ‘Prerrogativas’ — e a OAB é alvo frequente de críticas. Nas discussões, tratam da confecção de texto que prega o fim do que chamam de ‘Estado de exceção’ e a ‘retomada do protagonismo da advocacia’.”

 

A “gota d’agua” para a elaboração do manifesto teria sido a delação dos empresários Joesley e Wesley Batista, do grupo JBS. Segundo os advogados, os benefícios concedidos pelo Ministério Público-MP aos irmãos vêm sendo questionado no meio jurídico.