Michel Temer assina decreto que autoriza governo a “tomar” caminhões de grevistas

Ministros do governo deram entrevista coletiva há pouco e voltaram a ameaçar os grevistas.

“Quero dizer que o senhor presidente da república hoje assinou o decreto que permite a requisição de bens. Portanto, a partir de agora e havendo necessidade, bens poderão ser requisitados, por exemplo, caminhões de privados, empresas transportadoras, para que se solucione a crise de desabastecimento”, disse o ministro Raul Jungmann ao lado do chefe do GSI, ministro Sérgio Etchegoyen.
Além disso, ele também culpou os empresários pela greve:

“O país não será refém deste egoísmo. (…) Quero dizer que temos comprovado que esta paralisação teve desde o seu início a promoção e o apoio criminoso de proprietários de empresas transportadoras e distribuidoras. Podem ter certeza: irão pagar por isso”, disse Jungmann.

Segundo o ministro, a Polícia Federal instaurou 37 inquéritos em 25 estados para apurar prática de locaute (paralisação por iniciativa ou com apoio das empresas) durante a greve dos caminhoneiros.

Jungmann disse ainda que mandados de prisão já foram expedidos, mas não soube informar se tinham sido cumpridos.

Confira a íntegra da coletiva:

Via: PAPOTV

   

Gostou? Compartilhe!