Ministra Cármen Lúcia finalmente enquadra Gilmar Mendes

Demorou, mas aconteceu.

O despacho da ministra Cármen Lúcia dá início à tramitação do pedido de suspeição do ministro Gilmar Mendes.

Assim, diante disso, o importante é que o plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) finalmente irá julgar um ato desse senhor que se considera ‘supremo’.

A presidente do STF determinou que o ministro, querendo, se manifeste na arguição de suspeição, impedimento e incompatibilidade proposta pelo Procurador-Geral da República Rodrigo Janot.

O prazo é de cinco dias.

Na sequência será pautado para manifestação do plenário.

Será a primeira vez na história que o STF julgará um de seus membros.

O acatamento da arguição será uma desmoralização sem precedentes para GM.

O não acatamento será uma desmoralização sem precedentes para o STF.

É o começo do fim de Gilmar Mendes.

Anotem isto.

 

Via: JORNAL DA CIDADE ONLINE