Ministro se irrita com Cármen Lúcia e sugere que ela dispense reajuste

Proposta de aumento salarial dos ministros aprovada pelo STF na última quarta-feira (8) é criticada pela presidente da Corte
A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia, rejeitou veementemente o envio da proposta de orçamento para 2019 com aumento dos salários dos ministro da Corte. O assunto foi alvo de acalorados debates neste fim de semana.
Como apurado pela coluna Painel, da ‘Folha de S. Paulo’, um dos ministros do STF chegou a dizer a amigos que ela deveria abrir mão do aumento do salário, se a proposta for aprovada pelo Congresso Nacional.

Em entrevista ao ‘O Globo’, publicada neste sábado (11), Cármen Lúcia voltou a lamentar a decisão da Corte, na última quarta-feira (8), pelo aumento. Para a ministra, em tempos de crise, “o sacrifício é de todos”. Ela também criticou o pagamento de auxílio-moradia a magistrados: “Penduricalhos precisam acabar”.

Via: https://www.noticiasaominuto.com.br

     

Gostou? Compartilhe!

  • 2.5K
    Shares