Modesto Carvalhosa inicia campanha para Toffoli não virar presidente do STF


Jurista compara ministro ao desembargador Rogério Favreto, que mandou soltar Lula
O advogado Modesto Carvalhosa iniciou uma campanha para impedir que Dias Toffoli vire presidente do Supremo Tribunal Federal (STF). Atual vice-presidente da Corte, Toffoli pode assumir o posto em setembro.

Veja o Vídeo

 

Modesto Carvalhosa contesta uma regra não-escrita no STF, segundo a qual os ministros sempre elegem como presidente o membro mais antigo que não ainda ocupou o cargo, e conclama movimentos como o Vem Pra Rua e o MCC a aderirem à campanha. Diz ele:

Como sabem, ele não tem direito adquirido desse cargo, né, por questão só de antiguidade, que habitualmente os demais ministros votam no mais antigo. Esta regra, inclusive, quase foi quebrada no tempo do Joaquim Barbosa [2012], pois os ministros na época não queriam que o Joaquim Barbosa assumisse a presidência do Supremo.

Agora, a nação não quer que Toffoli assuma a presidência do Supremo. Ele é o ministro do PT. Ele é o Favreto do PT no Supremo Tribunal Federal. Ele e o ministro Lewandowski.
ortanto, nós temos que fazer uma campanha, a sociedade civil, para impedir que esse camarada seja eleito presidente do Supremo Tribunal Federal.

Se tomar posse em setembro, Toffoli será o presidente do STF durante as eleições deste ano. Ele integra uma maioria na 2ª Turma que mandou soltar José Dirceu, entre outras decisões.

Esta não é a primeira campanha de Modesto Carvalhosa contra um ministro do STF. Em abril deste ano, o jurista protocolou um pedido de impeachment contra Gilmar Mendes.

Sem partido, o nome de Carvalhosa também foi ventilado em 2017 para substituir Michel Temer numa eventual eleição indireta caso o presidente não concluísse o mandato.

Via: http://sensoincomum.org