Moro diz que suposta candidatura de laranja no PSL será investigada

Foto: Fernanda Calgaro/G1 Foto: Fernanda Calgaro/G1

Durante participação em um evento de juízes federais em Brasília nesta quinta-feira (14), o ministro da Justiça, Sérgio Moro, disse que irá investigar as suspeitas de que o PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro, tenha financiado candidaturas “laranjas” durante as eleições de 2018.

“O senhor presidente Jair Bolsonaro proferiu uma determinação e a determinação está sendo cumprida. Os fatos vão ser apurados e eventuais responsabilidades, após as investigações, vão ser definidas”

Moro não disse como e quando começaram essas investigações mais aprofundadas, mas garantiu que inquéritos já foram abertos para investigar o caso.

Na ultima semana a Folha de Sp publicou uma matéria informando que uma candidata laranja foi incluída as eleições de 2018 no PSL, partido do atual Presidente da Republica.

De acordo com a matéria, o então ministro Gustavo Bebinanno, que cuidava as candidaturas do partido ano passado, sabia do fato e estaria envolvido no caso.

Após a divulgação desse assunto, muitos começaram a questionar que Bebianno seria deposto do cargo por Bolsonaro, o que criou uma crise dentro do governo que mal começou 2019.