Motim: Senadores petistas não querem Gleisi e nem Lindbergh na presidência do partido

Pelo menos cinco senadores do PT andam inconsoláveis com as opções disponíveis para presidir o PT. Humberto Costa, Jorge Viana, José Pimentel e Paulo Rocha não engolem as candidaturas dos colegas de bancada Lindbergh Farias e Gleisi Hoffmann, a preferida de Lula.

No Senado, vira e mexe, um deles bate de frente com Lindbergh ou Gleisi. Vê-los no comando da legenda, para esse grupo, será uma lástima.

Eles avaliam que aguardou-se além do razoável Lula decidir se iria ou não assumir a presidência da legenda e, em consequência da letargia, lançaram tarde demais o nome de Marcio Macedo, tesoureiro da sigla e apoiado pelo quarteto. Agora, já era.
A matéria é da coluna Radar On-Line, da Veja.
Créditos jornalivre.com