Nem bem retiraram o sigilo, ministros do STF já falam em prescrição

Veja o que diz Carolina Brígido em O Globo:

“Para dois ministros, existe um risco real de prescrição de boa parte dos casos — o que poderia significar o arquivamento de processos antes mesmo de serem julgados.

As regras de prescrição estão expressas no Código Penal. Por exemplo: quem responde a inquérito apenas por caixa dois, cuja pena é de até cinco anos de prisão, pode ser beneficiado pela prescrição 12 anos depois do fato. Esse prazo é reduzido à metade se o investigado tem mais de 70 anos.

A avaliação entre ministros do tribunal é a de que o relator da Lava-Jato, ministro Edson Fachin, vai precisar conduzir os inquéritos com muita rigidez, para evitar atrasos.”

A corte nem bem derrubou o sigilo das delações, e já estão falando em prescrição.

Se o povo não tomar as ruas novamente, vamos continuar sendo escravizados.
Créditos papotv.com.br