Notícias sobre delação de Palocci provocam verdadeira efervescência no mundo político e empresarial

O ex-ministro Antônio Palocci já teve pelo menos cinco longas reuniões com a força-tarefa da Operação Lava Jato.

 

 

Notícias ainda em caráter especulativo dão conta que o petista está oferecendo as cabeças de André Esteves, Abílio Diniz e Lula.

 

 

Em troca, Palocci quer uma pena de um ano de prisão domiciliar.

Diante da robustez das informações, dados e provas que estão sendo fornecidos, ele deverá conseguir.

 

Palocci está escancarando minuciosamente a picaretagem da era PT.

O Brasil vai novamente tremer, pois os rombos no dinheiro público foram astronômicos.
Via jornaldacidadeonline.com.br