O dia começa com mais um “NÃO” para o ungido do presidiário