ONU rejeita pedido da defesa de Lula para soltá-lo; a soberania do Brasil foi respeitada

O jornalista Jamil Chade informa no Estadão desta terça (22) que o “Comitê de Direitos Humanos não concederá medidas cautelas no caso de Lula da Silva”, segundo declaração do porta-voz Julia Gronnevet. Na prática, isso significa que o Comitê não enviará ao Brasil nenhum pedido ou recomendação para que o ex-presidente deixe a prisão em Curitiba e responda a seu processo na Lava Jato em liberdade.

a ONU disse um sonoro NÃO para Lula.

Lula gastou uma fortuna contratando Geoffrey Robertson, um dos supostamente mais respeitados advogados do mundo.

Não adiantou nada.

 

Via: republicadecuritiba.net