Ou Lula é preso agora, ou ele jamais será preso

Editorial do Globo diz que Cármen Lúcia não conseguirá se opor ao golpe dos ministros lulistas.

A pressão dos ministros petistas está sendo gigantesca, inclusive Gleisi Hoffmann invadiu duas vezes o gabinete da Ministra com o aval de Lewandowski; Celso de Mello pressiona publicamente Carmen Lúcia. A situação está crítica.

Veja trecho do editorial do Globo:

“A rejeição do habeas corpus, no caso do tríplex do Guarujá, seguindo-se os ritos, deve fazer com que o Supremo, contra a vontade de sua presidente, ministra Cármen Lúcia, reexamine a jurisprudência da decretação de prisão após a segunda instância (…).

Voltar atrás na execução da pena a partir do segundo grau de recurso é golpe certeiro na Lava Jato e em qualquer operação anticorrupção, porque eliminará uma forte indução a que denunciados concordem em fazer acordos de delação. Voltará o tempo de chicanas e de postergações, em busca de prescrições.

Mas a situação do ex-presidente continua difícil, porque, além de outros processos, mesmo que consiga se livrar de uma prisão agora, o enquadramento na Lei da Ficha Limpa e a automática inelegibilidade por oito anos parecem certos.”

Ou Lula é preso agora, ou ele jamais será preso.

Via: republicadecuritiba.net