Pabllo Vittar cria polêmica com marca de sapatos por causa de Jair Bolsonaro

O designer Victor Vicenzza, dono da marca de sapatos do mesmo nome, e o artista drag queen Pabllo Vittar, romperam parceria após Victor passar a seguir e curtir publicações do candidato à presidência da república Jair Bolsonaro(PSL) em sua conta no Instagram.

Vittar patrocinava a marca de sapatos femininos que visa o público gay entre seus clientes. O caso ganhou repercussão nas redes sociais e a marca foi acusada pela esquerda de querer se aproveitar do movimento LGBT para promover seus produtos.

Por isso, a empresa resolveu se manifestar no Instagram e deu uam resposta esmagadora.

Devido a grande quantidade de comentários e directs recebidas. Victor, propietório da empresa, declara o seguinte;

Luta contra todo tipo de preconceito desde a criação desta empresa. Isso não mudou e não mudará! A campanha Shinning teve exatamente este objetivo!
Prezo pela honestidade.transparência, ética e moral.

Acredito que o Bolsonaro é o único candidato apropriado para liderar esta naçõo. Dessa forma, decidi apoiar publicamente a candidatura de Jair Messias Bolsonaro.

Quanto a questão de oportunismo, quero deixar claro minha opinião. Para que a minha, ou qualquer outra empresa. continue operando deforma sustentável, é necessário lutar contra todas as ideologias socialistas e comunistas que invadiram nosso país.
Sendo assim, aproveito esta oportunidade para posicionar-me.

Pink Money. Se eu, Victor, estivesse exclusivamente pensando em dinheiro. sob hipótese alguma, manifestaria publicamente meu posicionamento político. Estou junto na sua luta. por uma nação grande, próspera e unida!

Confira:

⚠️ COMUNICADO OFICIAL ⚠️

Uma publicação compartilhada por Victor Vicenzza (@victorvicenzza) em


Fonte: PAPOTV

Compartilhe em Suas Redes Sociais