Pais da estudante que transmitiu suicídio pela web são encontrados mortos

Urgente…pais da garota se suicidaram após ato da filha.

Estarrecedor! Os pais da estudante Bruna Andressa Borges, de 19 anos, que transmitiu suicídio eplo Instagram, estão mortos.
Uma notícia estarrecedora chocou os moradores da cidade de Rio Branco, capital do Acre, nesta sexta-feira (28). Os pais da estudante Bruna Andressa Borges, de 19 anos, que cometeu #Suicídio e o transmitiu, ao vivo, pelo Instagram na quarta-feira (26), foram encontrados mortos, na residência do casal, na tarde desta sexta-feira.

De acordo com o portal de notícias Acre 24 Horas, os pais da jovem estudante que se matou durante uma live na internet foram encontrado mortos. Segundo as primeiras informações da Polícia Militar, [VIDEO] o casal também teria cometido suicídio.
‘Já viram alguém morrer?’

Bruna cometeu suicídio, na tarde de quarta-feira (26), em sua casa na Vila Militar, localizada na Rua Dom Bosco, no bairro Bosque, em Rio Branco.

A jovem era estudante da Ufac (Universidade Federal do Acre). Ela cursava o 3º período de ciências sociais e chegou a postar um desabafo em seu perfil no Facebook, onde se dizia cansada de lidar com pessoas falsas e que se encontrava muito ‘’machucada’’.

De acordo com o que a estudante escreveu, ela não encontrava mais motivos para continuar viva e que, por isso, iria tirar sua própria vida. Pouco antes de cometer suicídio, Bruna postou a seguinte pergunta no Facebook: ‘’Já viram alguém morrer?’’
Pais de Bruna também se enforcaram

Na tarde desta sexta-feira, os pais de Bruna foram encontrados na mesma casa onde ela se matou e, infelizmente, eles também optaram pelo suicídio. De acordo com as primeiras informações colhidas no local, o subtenente do Exército Marcio Brito, pai de Bruna, e Claudineia Borges, mãe da estudante, foram encontrados mortos, enforcados na garagem da residência.

As polícias Militar e Civil, assim como o Corpo de Bombeiros foram acionados e estão no local, aguardando a perícia, para a retirada dos corpos. O carro do IML (Instituto Médico Legal) de Rio Branco já está no local.
Perplexidade

Dezenas de pessoas, entre elas, vizinhos, amigos e parentes da #Família, estão em frente a residência onde em pouco mais de 72 horas três pessoas cometeram suicídio.

Bruna era filha única. Tudo leva a crer que os pais não suportaram a dor de perder a jovem de uma maneira tão precoce e trágica. Infelizmente, eles optaram por tirar as próprias vida. Uma família dizimada pela dor e desespero.

Até o fechamento deste artigo, os corpos ainda permaneciam na residência onde foram encontrados. As investigações sobre as mortes terão continuidade. Ainda não há informações sobre o velório e enterro do casal.

Via blastingnews.com