Petistas nunca mudam. Dilma furou a fila, não apresentou documentos necessários e ganhou, sem merecer, o teto máximo do INSS

O jornalista Robson Bonin, da revista Veja, publicou com exclusividade que uma sindicância do governo confirmou aposentadoria irregular da ex-presidente Dilma Rousseff. Segundo a denúncia, a petista furou a fila do INSS com ajuda de servidores e obteve benefício sem ter a documentação necessária na ocasião.

Nesta sexta-feira, VEJA obteve as conclusões dessa investigação. No momento em que o PT trava uma luta contra a reforma da previdência, os achados da sindicância não poderiam ser mais desabonadores à ex-presidente petista.

Segundo a investigação, aposentada pelo INSS desde setembro do ano passado, Dilma Rousseff foi favorecida pela conduta irregular de dois servidores do órgão que manipularam o sistema do INSS para conseguir aprovar seu benefício e ainda usaram influência política para conseguir furar a fila de benefícios.

 

Via cesar weis

     

Gostou? Compartilhe!