Petistas tentam ‘encurralar’ Moro na entrada de TV, mas têm surpresa inesperada

Juiz federal Sérgio Moro participou do famoso programa de entrevistas ‘Roda Viva’, da TV Cultura, na noite desta segunda-feira (26), em São Paulo.

Um dos maiores protagonistas brasileiros da atualidade, em se tratando do árduo combate a crimes de “colarinho branco” e responsável pela condução da maior operação anticorrupção em toda a história do País, o juiz federal Sérgio Moro, participou de um dos mais importantes programas de entrevistas da televisão brasileira.





O magistrado paranaense conduz a Operação Lava Jato, da Polícia Federal, em primeira instância, a partir da décima terceira Vara Criminal da Justiça Federal de Curitiba, capital do estado do Paraná. Sérgio Moro participou nesta segunda-feira (26) à noite do programa “Roda Viva”, da TV Cultura, em São Paulo.

Durante o decorrer do programa de entrevistas, o juiz Sérgio Moro fez uma análise e forte defesa da manutenção da possibilidade de prisão para condenados em segunda instância.

 

O magistrado ainda sugerir que haja uma proposta de emenda governamental, se o Supremo Tribunal Federal (STF) [VIDEO]tomar a decisão de rever a situação da atual jurisprudência, relacionada à manutenção da prisão em segunda instância. Moro entende ainda que se a Suprema Corte vier a mudar o entendimento sobre esse assunto, isso poderia ser considerado um verdadeiro “retrocesso” no combate à corrupção no Brasil.





‘Drible’ em manifestantes petistas
A tão esperada entrevista do juiz Sérgio Moro ao programa rendeu a liderança mundial no Twitter, como o programa mais comentado do horário na internet em todo o mundo, devido à enorme expectativa e audiência alcançada. Entretanto, vale ressaltar que o deslocamento do juiz Sérgio Moro até a rua Cenno Sbrighi, onde está localizada a TV Cultura, não foi nada fácil.

A portaria principal da emissora paulista acabou sendo ocupada tanto por manifestantes favoráveis e contrários ao magistrado, ocorrendo uma divisão em duas esquinas da quadra que dá acesso à rede de televisão. Um bloqueio no trânsito por parte da Polícia Militar e da CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) chegou a ser realizado com o intuito de impedir o acesso de manifestantes à emissora.





Embora manifestantes tentassem chegar até o juiz Sérgio Moro, duas Pajeros pretas com vidros escuros adentravam rapidamente à rua por trás, dirigindo-se à emissora por volta das 20h55. Em um desses veículos, estava Sérgio Moro, que acabou entrando na TV Cultura, sem ser notado pelos manifestantes. Agentes da Polícia Federal já esperavam pelo juiz da Lava Jato em frente ao portão dos fundos da rede de televisão. Momentos antes do início do programa de TV, os grupos de manifestantes deixaram o local.

Via: blastingnews

   

Gostou? Compartilhe!

  • 11.3K
    Shares