PF cumpre mandados contra sogro de Patricia Abravanel

Por suposto envolvimento na prática de obstrução da Justiça e organização criminosa, a Polícia Federal cumpre mandados de busca e apreensão no palácio do governo do Rio Grande do Norte.

A ordem judicial é do Superior Tribunal de Justiça e atinge o governador do estado Robinson Faria.

 

O governador é investigado em inquérito autorizado pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin, a pedido do procurador-geral da República, Rodrigo Janot.

Robinson Faria é pai do deputado federal Fábio Faria, marido da apresentadora de televisão Patrícia Abravanel.

Por outro lado, o casal Fábio e Patrícia esteve envolvido nos últimos dias no noticiário da delação do grupo JBS.

 

O deputado foi delatado pelo executivo Ricardo Saud, que sustentou em seu depoimento perante o Ministério Público Federal, que um acerto de propina com Fábio teria sido combinado num jantar na casa do empresário Joesley Batista, com a presença de Patrícia.

 

Diante disso, a filha do dono do SBT, juntamente com o marido, ingressou na Justiça requerendo a anulação de parte da delação da JBS, para tanto apresentou como principal prova um depoimento de Ticiana Villas Boas, esposa de Joesley, se prontificando em testemunhar que Ricardo Saud mentiu em relação ao conteúdo das conversas havidas no tal jantar, dizendo que em nenhum momento se falou em propina (veja aqui).

Joesley Batista, por sua vez, contrariando Ticiana, confirmou a propina dada ao deputado, alegando que os acertos espúrios foram feitos no tal jantar, mas sem a presença das esposas.

 

A propina, segundo a delação, foi paga para que uma empresa do grupo JBS assumisse o controle do serviço de água e esgoto do Rio Grande do Norte.

Informações do site www.jornaldacidadeonline.com.br