Polícia do Rio descobre plano para matar Marcelo Freixo

A Polícia do Rio, tão criticada pelos esquerdistas do PSOL, interceptou um plano de milicianos para assassinar o deputado estadual Marcelo Freixo (PSOL-RJ) neste sábado (15).

As informações constam em um relatório confidencial da polícia que o jornal O Globo teve acesso.

De acordo com o relatório, um policial militar e dois comerciantes estariam planejando o assassinato de Freixo. Eles teriam ligação com um grupo de milicianos da Zona Oeste do Rio, o mesmo que é investigado pelo assassinato de Marielle Franco.

O assassinato de Freixo, segundo o documento, aconteceria durante uma agenda programada pelo parlamentar para o próximo sábado em Campo Grande, cujos detalhes foram divulgados pelas redes sociais.

Gostou? Compartilhe Com seus Amigos!