Policial é baleado ao dirigir, capota e morre em São Cristóvão

Bandidos em dois carros fecharam veículo do policial e atiraram
O policial civil Luiz Alberto dos Santos, 45 anos, foi morto na noite desta terça-feira (31) na BA-526, no bairro de São Cristóvão, em Salvador. Segundo o Sindicato dos Policiais Civis (Sindpoc), ele dirigia um carro próximo ao condomínio Campo Belo quando foi fechado por outros dois veículos. Os ocupantes dos outros carros atiraram várias vezes. O Celta do policial capotou e ele morreu ainda no local.

Em nota, o Sindpoc lamentou a morte. “Mais uma vítima dessa guerra que estamos vivendo! Um trabalhador que deveria estar dando o sangue pela sociedade e foi vítima de uma emboscada, teve a vida ceifada.Um colega maravilhoso!”, critica o Marcos Maurício, presidente do sindicato.

 

Luís Alberto trabalhava na 26ª Delegacia (Abrantes). Ele é o quinto policial civil morto este ano – outros três foram baleados – em todo o estado.
Em nota, a Secretaria de Segurança Pública (SSP) afirmou que no primeiro informe do Centro Integrado de Comunicações (Cicom) a vítima teria sofrido um acidente e chegou a ficar presa nas ferragens. “Viemos até o local por que chegaram informações de possíveis disparos de arma de fogo antes do acidente. Nenhum pertence foi levado do policial”, informou o coordenador da Força Tarefa, delegado Odair Carneiro, que investiga o caso.

A polícia confirmou que Luiz Alberto foi baleado, mas disse que é prematuro falar sobre motivação.

 

Fonte: http://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/policial-e-baleado-ao-dirigir-capota-e-morre-em-sao-cristovao/