Por que os petistas estão tão determinados a aumentar o desemprego ao proibir aplicativos de transporte?

Não se pode compreender os petistas se não compreendermos, antes de tudo, a dinâmica que move o pensamento dessa gente de extrema esquerda.

Enquanto para todos os políticos o objetivo é o poder, para a extrema esquerda o objetivo é o poder a qualquer custo, sem qualquer referência moral. Ou seja, vale destruir um país para chegar ao poder.

Agora os petistas estão dedicados a aprovar no Senado o projeto PLC 28/2017 da Câmara dos Deputados, que visa acabar com os aplicativos Uber e Cabify. Eles sabem que com isso quebram o galho do lobby dos taxistas e conseguem colocar no desemprego meio milhão de brasileiros, os motoristas de aplicativos.

Deputados de vários partidos podem votar para o projeto, por questão de pressão e principalmente capitulação. Mas partidos como PMDB, DEM, PP e PSDB podem se dividir na votação. Mas o partido que concentrará todos os seus votos a favor do lobby dos taxistas e contra os motoristas de aplicativos é o PT. O PCdoB deve acompanhar o PT nessa e votar em bloco a favor do lobby dos taxistas.

Mas por que eles fariam isso se dizem em público que são o “partido dos trabalhadores”? Não é incoerente para um “partido dos trabalhadores” buscar o desemprego de meio milhão de pessoas?

Na verdade, a recessão brasileira já passou. O país vive um momento de recuperação econômica. Para o PT, seria vital garantir que meio milhão de pessoas ficassem desempregadas nesse momento. Com isso, essas pessoas deixariam de consumir, perderiam sua dignidade, aumentariam o número de desempregados e isso poderia ajudar a brecar a retomada do crescimento econômico.

Para o PT, isso seria ótimo, pois eles estampariam o “aumento do desemprego” como culpa do governo atual. Claro que eles esconderiam que lutaram por uma lei feita para aumentar o desemprego. Mas é para isso que eles usam o marketing, não é mesmo?

Em suma, eles querem aprovar uma lei para aumentar o desemprego e depois sair culpando “os coxinhas” por causa do desemprego.

É uma crueldade que assusta até mesmo os psicopatas tradicionais.

Via: ceticismopolitico.com