Por vídeo mentiroso publicado em 2018, Alexandre Frota é condenado a pagar R$ 50 mil de indenização

O deputado federal Alexandre Frota foi condenado a indenizar em R$ 50.000,00 Gerson Florindo de Souza, ex-presidente do PT de Ubatuba.

Durante as eleições de 2018, quando ainda era apoiador de Bolsonaro, Frota gravou um vídeo intitulado “A maracutaia do PT e de Haddad não funcionou” em que afirma que Gerson se disfarçou de eleitor de Bolsonaro pra xingar Haddad em uma igreja de Brasília.

Gerson Florindo, no entanto, conseguiu provar que não estava em Brasília no dia em que ocorreu o fato.

Além de pagar a indenização, Frota terá que publicar uma retificação nas suas redes sociais.

Assim como o de Joice Hasselmann, o depoimento do mentiroso Alexandre Frota deu corpo à CPMI das Fake News.