Presidente Jair Bolsonaro manda duro recado para a Folha de S. Paulo

Em entrevista ao Jornal Nacional, o eminente presidente eleito, Jair Bolsonaro, mandou um duro recado para a Folha de S. Paulo. 

O capitão queixou-se sobre a reportagem da “Wal do Açaí”, servidora de seu gabinete apresentada como funcionária fantasma pelo jornal, e sobre a matéria do alegado esquema no WhatsApp.

Bolsonaro afirmou que a imprensa “que se comportar dessa maneira, mentindo descaradamente”, não receberá recursos de seu governo.

O apresentador Willian Bonner então o questionou sobre se ele queria que a Folha “acabasse”. 

“Por si só, esse jornal se acabou. Não tem prestígio mais nenhum. Quase todas as fake news que se voltaram contra mim partiram da Folha”, respondeu Bolsonaro. 

No Twitter, a colunista da Folha, Monica Bergamo, mostrou como o jornal distorce os fatos para atacar o presidente eleito. 

Logo após a entrevista ao Jornal Nacional, ela publicou: 

“De novo Bolsonaro diz que usará verbas públicas – públicas – para “punir” imprensa que divulgue informações que ele considere “mentirosas”.”

Enquanto o capitão disse que a mídia não receberá recursos públicos, a colunista disse que ele usará verba pública. 

Via: PAPOTV

Compartilhe em Suas Redes Sociais