Privilégios de Lula em cadeia têm algo estranho, segundo revista

A revista Crusoé lançou uma reportagem que trouxe alguns fatos um pouco estranhos e que merecem mais atenção da Polícia Federal. De acordo com a matéria publicada, nesta sexta-feira (31), os privilégios de Lula na cadeia vão muito além dos que todos conhecem. Uma revelação da Tia Zélia, proprietária de um restaurante em Brasília, que sempre servia o ex-presidente quando ele estava no governo, trás a informação de que um tal de “Júnior” teria livre acesso dentro da cela do petista.

Lula está preso na Superintendência da PF, em Curitiba, desde o dia 07 de abril. Ele foi condenado em segunda instância pela Operação Lava Jato, e adquiriu muitos privilégios já que foi presidente do Brasil. Entretanto, a Crusoé trouxe uma informação polêmica.

Tia Zélia teria viajado para Curitiba a fim de levar até ao condenado uma refeição especial. Até ai, tudo bem, porém, ela afirmou que não conseguiu autorização para chegar até o petista com a comida. Ela comentou o fato aos jornalistas que estavam em frente à sede da Justiça Federal de Curitiba.

Privilégios de Lula
Após alguns dias passados, ela revelou que tudo deu certo e foi bem sucedida na sua tarefa de levar a refeição para o ex-presidente. Segundo a cozinheira, uma rabada foi feita com muito carinho e um tal de “Júnior” levou até o presidiário. Tia Zélia afirmou que essa pessoa tinha acesso livre à cela do petista e conseguia atender vários pedidos especiais dele.

Se for confirmado o que ela falou, se tudo estiver de acordo conforme a revista publicou, os privilégios de Lula vão além do que imaginamos. A Crusoé pede atenção da PF. Algo pode estar errado dentro da carceragem da PF. Tudo tem que ser apurado. Até o momento, ninguém se manifestou sobre isso, porém, a imprensa vai sempre ficar em cima. Lula cumpre uma pena de 12 anos e 1 mês de prisão em regime fechado.

Veja a reportagem da Crusoé.

Via: BRASIL NO ATO

   

Gostou? Compartilhe!