Procurador que quer a absolvição de Lula, denunciou PRF que matou bandido em perseguição


Esse procurador do Ministério Público Federal (MPF) Ivan Marx, que parece ter uma atenção toda especial com petistas, tem por vezes um comportamento bastante estranho nos processos que atua.

Nesse sentido, uma constatação interessante foi feita pelo site ‘O Antagonista’.

 

Ora, vejam só, Ivan Marx pediu a absolvição de Lula no processo sobre a tentativa de compra do silêncio de Nestor Cerveró, o ex-diretor da área internacional da Petrobras. Também pediu a absolvição do banqueiro André Esteves, alegando falta de provas para a condenação.

Pois bem, esse mesmo Ivan Marx, um dia antes de pedir a absolvição de Lula, denunciou por homicídio doloso, o agente da Polícia Rodoviária Federal (PRF) Renato Lucena Pereira, que matou um ladrão de automóveis durante perseguição. O policial pode pegar até 20 anos de prisão por ter atirado contra um bandido no exercício de sua função.

 

Na denúncia, Marx alega que o policial atirou no bandido sem necessidade, pois o bandido não chegou a disparar sua arma.

Parece que na lógica insana do procurador, o PRF só poderia ter atirado se tivesse morrido…

 

Via jornaldacidadeonline.com.br