PT é acionado no TRE por esquema de propaganda ilegal através de ‘influenciadores digitais’

O mais recente esquema do PT foi a contratação de influenciadores digitais para fazer campanha para candidatos no twitter. A coisa foi tão bizarra que influenciadores elogiaram governos e candidatos de estados em que nunca haviam pisado.

Um dos beneficiários das ‘fake news’ foi Wellington Dias, candidato à reeleição no governo do Piauí, além de Gleisi Hoffmann e Luiz Marinho. O mais engraçado é que os próprios idealizadores do esquema são os principais acusadores da prática de fake news, principalmente quando se trata em opositores.

O Advogado Carlos Yuri, do PSDB, protocolou no TRE-PI uma ação contra o esquema e afirmou “O que precisa ser apurado é se o PT nacional está usando a estratégia de usar influência digital paga, o que é proibido por lei. Pelo que apuramos esses valores podem chegar até a R$20 mil” e continuou “É uma espécie de confissão de culpa de que o PT está usando um exército de influenciadores digitais pagos para influenciar na eleição, o que é vedado pela lei.”

Via: republicadecuritiba.net

Compartilhe em Suas Redes Sociais