Querem impedir que Bolsonaro dispute as eleições

O ministro Luiz Fux acelerou a ação penal pública contra Jair Bolsonaro e até marcou seu interrogatório, antes mesmo de ouvir as testemunhas, atropelando a jurisprudência do Supremo, informou O Antagonista.

A informação levantou o debate sobre a possibilidade do candidato ficar inelegível pelo mesmo motivo de Lula, ou seja, a Lei da Ficha Limpa.

No entanto, se condenado, Jair Bolsonaro não ficará inelegível por este motivo.

Ainda segundo O Antagonista, uma corrente no Supremo faz o alerta para o artigo 15 da Constituição.

Este artigo prevê a suspensão dos direitos políticos de quem tiver condenação criminal transitada em julgado – pelo período que durar a pena.

 

Via: PAPOTV

     

Gostou? Compartilhe!

  • 4.6K
    Shares
 

       

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.