política

Renomado jurista Modesto Carvalhosa denuncia 'golpe de Estado' do STF: 'Paraíso dos bandidos'

O jurista Modesto Carvalhosa participou das manifestações que encheram as ruas hoje em todo o Brasil, contra a decisão do Supremo Tribunal Federal que impediu as prisões após condenação por duas instâncias do Judiciário. Segundo Modesto Carvalhosa, o que o Supremo Tribunal Federal fez foi dar um golpe de estado. Lembrando que 57 milhões de brasileiros votaram contra a corrupção e contra o crime, Carvalhosa disse: “a maioria do povo brasileiro manifestou-se pela prisão dos corruptos, pela Lava Jato e pela segurança pública que o grande Moro consubstanciou em seu pacote anticrime. Essa é a vontade do povo, e o povo detém a soberania no Brasil conforme a Constituição”.

Carvalhosa prosseguiu, dizendo que o STF deu um golpe de estado e instalou no Brasil a república dos Bandidos. Para o jurista, a população agora precisa pressionar os deputados e senadores para impedir que esse golpe prospere. Carvalhosa disse: ‘Não vamos admitir um golpe do Supremo Tribunal Federal. Fomos vítimas de um golpe de Estado. Um golpe não se dá com tanque. Se dá através daqueles energúmenos que foram lá votar. O Brasil virou o paraíso dos bandidos, o paraíso do crime. Não podemos admitir que chegamos a um estado pré-civilizatório. Temos um povo que votou para ter segurança esses canalhas vão lá e soltam todos os bandidos. Golpe de estado!”.

A procuradora Thaméa Danelon, da Lava Jato de São Paulo, também participou da manifestação, no carro de som, ao lado da deputada Carla Zambelli, e disse que não é fácil combater a corrupção no Brasil. Lembrando que, assim como seu colega Deltan Dallagnol, está sendo processada, afirmou: “nós não vamos desistir, e por isso vocês também não podem desistir. Vocês têm que permanecer vigilantes”.

Danelon disse que a decisão do STF foi um grande retrocesso, pois criminosos de todos os tipos serão libertados ou deixarão de ser presos, e afirmou que a população não pode permitir isso. A procuradora afirmou: “Por isso é muito importante que vocês apoiem o projeto Anticrime do ministro Sérgio Moro. Pressionem seus deputados”.

Veja o Vídeo.