Saiba quem são os 50 mil que o EXÉRCITO vai enfrentar nas ruas de Curitiba

o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ficará frente a frente com o juiz federal Sergio Moro, símbolo da Operação Lava Jato, em depoimento marcado para as 14hr e que vai acontecer na sala de audiências do 2º andar do prédio da Justiça Federal, na capital Paranaense. Nesse dia, certamente Lula dirá que nada sabe, que nunca recebeu propina e que todo mundo no Brasil é mentiroso.

O movimento “Ocupa Curitiba”, organizado pela Frente Brasil Popular, pretende mobilizar, reunir e deslocar 50 mil pessoas em Curitiba, para apoiar Lula durante o depoimento. Esse contingente é 10 vezes maior o número de militares ali aquartelados. Inevitável que os “tanques” voltem para as ruas!

Sabidamente o “SUPOSTO” apoio a Lula é um desafio, um enfrentamento e um teste para ver até “quando” e “quanto” a corda “resiste” sem se romper. É uma “escancarada” provocação à Justiça e aos brasileiros que não estão envolvidos na Lava-Jato. É um claro “levante” contra o Estado Democrático de Direito.

É natural o “desespero” da Frente Brasil Popular. Sua estruturação foi financiada por com dinheiro repassados pelo governo federal nos últimos 13 anos. Se agigantou quando seus principais financiadores e simpatizantes se “lambuzaram” com o dinheiro roubado dos brasileiros. Empresários corruptos e políticos bandidos. Hoje, a torneira já está seca e tende enferrujar. Tentam, na força, tal qual a “turma” de Maduro, esfarelar o Estado Brasileiro.

Entidades que confirmam “ocupar” Curitiba:
ABGLT – Associação Brasileira de Gays, Lésbicas, Bissexuais, Travestis e Transexuais
Abrasco – Associação Brasileira de Saúde Comunitária
Adere – Movimento dos Assalariados Rurais
A Marighella
ANA – Associação Nacional de Agroecologia
Associação de Advogados da União pela Democracia
ANPG- Associação Nacional dos Pós-Graduandos
Ainda MG
ATRAF (Associação dos Trabalhadores de Franca)
Barão de Itararé
CBJP – Comissão Brasileira de Justiça e Paz
CEBES – Centro Brasileiro de Estudos de Saúde
CEBRAPAZ (Centro Brasileiro de Solidariedade e Luta pela Paz)
CMP (Central de Movimentos Populares)
CONAM (Confederação Nacional das Associações de Moradores)
CONAQ – Movimento Nacional dos Quilombolas
CONEN (Confederação Nacional de Entidades Negras)
Consulta Popular
CONTAG (Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura)
CPT – Comissão Pastoral da Terra
CTB (Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil)
CUT (Central Única dos Trabalhadores)
ESTOPIM
FETRAF Brasil
Fora do Eixo
FNDC (Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação)
Fórum Político Interreligioso
FEAB (Federação dos Estudantes de Agronomia do Brasil)
Federação dos Metalúrgicos do RS
Fórum 21
FUP (Federação Única dos Petroleiros)
Grupo ACONTECE – Arte e Política LGBT
INESC
Igrejas
INMA (Instituto Nacional do Meio Ambiente)
Juventude Revolução
Levante Popular da Juventude
Marcha Mundial das Mulheres
Mídia Ninja
MCP (Movimento Camponês Popular)
MTD (Movimento das Trabalhadoras e dos Trabalhadores por Direitos)
MLT (Movimento de Luta por Terra)
MMC (Movimento de Mulheres Camponesas)
MAB (Movimento dos Atingidos por Barragens)
MPA (Movimento dos Pequenos Agricultores)
MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais sem Terra)
MOTU (Movimento dos Trabalhadores Urbanos)
MAM (Movimento Nacional Pela Soberania Popular Frente à Mineração)
MNLCN – Movimento Nacional de Luta Contra o Neoliberalismo e Pelo Socialismo
Movimento Nacional de Rádios Comunitárias
Movimento da Reforma Sanitária Brasileira
Movimento das Pescadoras e Pescadores do Brasil
Movimento Fé Brasil
Nação Hip Hop Brasil
Pastorais Sociais
Rede de Médicas/os Populares
RENAP (Rede Nacional de Advogados Populares)
Sindsesp SP
Sindieletro MG (Sindicato dos Eletricitários de Minas)
SENGE-Rio (Sindicato dos Engenheiros do Estado – RJ)
Sindute MG (Sindicato Único de trabalhadores em Educação de Minas Gerias)
UBES (União Brasileira de Estudantes Secundaristas)
UBM (União Brasileira de Mulheres)
UJS (União da Juventude Socialista)
UNEGRO (União de Negros Pela Igualdade)
UNE (União Nacional de Estudantes)
UNMP (União Nacional por Moradia Popular)

Via CRISTALVOX