Segunda Turma do STF nega pedido de Procuradoria e mantém Dirceu em liberdade

A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF), foi contra pedido da Procuradoria Geral da República. Nesta última terça-feira, 21 de agosto, o ex-ministro do PT, José Dirceu, saiu vitorioso após manter-se em liberdade.

À princípio, a Procuradoria pediu para que fosse reanalisado o habeas corpus protocolado pela defesa do petista. No entanto, o entendimento dos ministros do Supremo continuou o mesmo, concedendo liberdade a Dirceu e também ao ex-tesoureiro do PT, João Cláudio Genu.

Segundo a Lei, condenados em segunda instância devem ir para a cadeia, do mesmo modo que aconteceu com o ex-presidente Lula. Porém, tentativas de advogados são inúmeras e os ministros da Corte abriram espaço para a liberdade dos condenados.

A justificativa dos ministros é de que a liberdade deva ser mantida até que todos os recursos sejam julgados no Superior Tribunal de Justiça. Por três votos contra um, os ministros Gilmar Mendes, Dias Toffoli e Ricardo Lewandowski decidiram por manter a liberdade do petista. Do lado oposto, encontram-se Edson Fachin e Celso de Mello.

José Dirceu foi preso em decorrência das investigações da Operação Lava Jato. Segundo a operação, o ex-ministro do PT tem envolvimento em crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

Lula preso e Dirceu solto
As táticas da defesa do ex-presidente Lula são inúmeras. No entanto, o líder do PT ainda não conseguiu o que queria: se tornar candidato nas eleições presidenciais de 2018. Contudo, Lula e sua equipe tentam todas as artimanhas possíveis. Recentemente, até notícias envolvendo a ONU foram vinculadas.

Assim como Dirceu, Lula é acusado de diversos crimes de corrupção. Devido decisão, o petista foi condenado em 12 anos e um mês de cadeia.

Mesmo estando inelegível, ainda há fontes jornalísticas que colocam Lula na disputa eleitoral, comparando o nível de popularidade em um confronto com seu maior oponente, Jair Bolsonaro.

Fonte: ISTO É e Brasil no Ato

Compartilhe em Suas Redes Sociais